Como fazer uma fonte fixa de 5V e 3.3V para Arduino Standalone e PIC

Que tal uma fonte de alimentação com LM7805 e LM317 para seu projeto ficar mais elegante?

Uma fonte de alimentação bem feita é a parte mais importante de um projeto, pois a sua função é dar vida aos componentes eletrônicos, porém quando o projeto não possui a capacidade de regular uma tensão desejada, uma fonte de bancada ajustável com 9V não pode ser ligada diretamente, uma vez que CIs (Circuitos Integrados) podem queimar e você sair no prejuízo.

Em projetos que envolvem CIs é comum utilizar uma tensão de 5V, principalmente famílias TTL (Transistor-Transistor Logic) que trabalham estritamente nesta tensão. Existem tecnologias mais novas que aceitam trabalhar com tensões diferentes, um exemplo disso são CIs de famílias CMOS (Complementary Metal Oxide Semiconductor) que são mais sensíveis.

Quando você precisa desenvolver um projeto com o microcontrolador Atmega328p ou até mesmo com um PIC, é necessário montar uma fonte de alimentação. Atualmente existem diversas alternativas mais fáceis para prototipagem, como por exemplo o módulo de fonte ajustável para protoboard que fornece tensões 5V e 3.3V, mas não podemos utilizar esse módulo em uma placa de circuito impresso e em projetos finais. Com este propósito, esse artigo oferece o caminho para você montar uma fonte de alimentação fixa  e segura para o seu projeto.

Mas como ajustar na tensão que eu quero? Utilize um regulador de tensão.

Existem diversos reguladores, como os modelos fixos LM7812 (12V), LM7809 (9V), LM7805 (5V), LM1117T (3.3V) ou modelos que são ajustáveis com resistores como o LM317 que varia entre 1.2V até 37V, que para este projeto será usado ele fixo como 3.3V e um LM7805.

Clique nas imagens para ampliar.

Lista de materiais

Separe a caneta e o papel para anotar os seguintes componentes para começar a montar a sua fonte.

  • 1 Protoboard de 830 furos ou menor
  • 1 Regulador de tensão LM7805
  • 1 Regulador de tensão LM317
  • 1 Capacitor eletrolítico de 470uF de 36V
  • 1 Capacitor eletrolítico de 470uF de 10V
  • 2 Capacitores eletrolíticos de 100uF de 16V
  • 1 Resistor de 470 ohms
  • 2 Resistores de 120 ohms
  • 1 Resistor de 390 ohms
  • 1 Diodo 1N4007
  • 1 LED verde
  • Fios
  • 1 Fonte de 9V

Mas como eu sei os valores dos resistores para setar uma tensão no LM317? Entre na página LM317 Voltage Calculator, como eu não sei os valores dos resistores e só da tensão que é 3.3V, então procure na tabela "Sorted List of Output Voltages with R1 and R2" por 3.28V R1 = 240, R2 = 390.

Analisando o esquema, é possível observar que o resistor de 240R não existe comercialmente, com isso na prática adicionamos 2 resistores de 120 ohms em paralelo que dará 240 ohms.

Esquema para a fonte de alimentação fixa de 5V e 3.3V.
Esquema para a fonte de alimentação fixa de 5V e 3.3V.

Teste de bancada

Com um multímetro digital podemos testar se o nosso circuito está funcionando de acordo com a nossa necessidade. Este circuito foi testado em um projeto de Arduino Standalone.

No pino Input do LM7805 entra 9.09V que é a tensão correspondente a nossa fonte de bancada ajustável. Regulando a tensão, a saída no pino Output corresponde a 5.08V.

Com os resistores setados para 3.3V no LM317, no pino Input corresponde a 5V vindos do LM7805 e regulando a tensão, no pino Output temos 3.38V.

Concluímos que está funcionando com as tensões desejadas sem o risco de queimar algum CI ou outros componentes eletrônicos e o mais legal de tudo é que foi desenvolvido de uma forma mais elegante.

Clique nas imagens para ampliar.

Comente qual foi sua experiencia em montar este projeto ou tire suas dúvidas!


Comentários



Voltar ao topo
Aguarde..